labSURlab #2
Quito/Equador, 2009 | N-1

“Não nos encontrarás no Facebook”, diz um selo colado na capa do zine produzido durante o II Encuentro labSurlab realizado em Quito, Equador. “Cada nodo é uma espiral, cada espiral é um nodo”, postula um desenho, mais ao final. Realizado com apoio do Centro de Arte Contemporaneo de Quito – CAC, do Medialab-Prado e de vários coletivos da América do Sul e da Europa, o labSurlab é uma rede de iniciativas independentes composta por hacklabs, hackerspaces, midialabs e todos os tipos de laboratórios e grupos que operam em direção ao sul, criada a partir de uma pequena insurgência no LabtoLab, um encontro de labs que se mostrou majoritariamente europeu. Desde a sua primeira edição, o labSurlab possibilitou o reconhecimento de redes de cooperação globais e a contextualização de cenários semelhantes entre práticas de países como Chile, Brasil, Argentina e Colômbia, em torno de arte, ciência, tecnologias e comunidades. Lá, dentre outras muitas coisas, surgiram as redes sociais autônomas n-1.cc e Anillosur (2011).

Download (PDF, 13.34MB)

Relate